everblessedpumpum:

Honestly, biphobia in the gay community is so much worse. Straight people will think you’re just confused or a hoe which is still erasure and it’s bad HOWEVER gay people will truly be willing to disown you if they find out you’re actually bisexual and not gay.

frlcker:

do u ever wonder how many people’s dreams you have been in

Por que votar na Luciana Genro? (não decidi em quem votar ainda, quero opiniões)
Anonymous

alieng0d:

OLÁ COLEGA FICO FELIZ COM A SUA PERGUNTA

(já vou avisando que não tenho acompanhado de perto os debates e outros candidatos além da dilma, marina, aécio e luciana por conta de eventos na minha vida pessoal, mas tá aqui minha opinião.)

não precisa me seguir por muito tempo pra perceber que eu sou bem esquerda né? então vou te falar um pouco dos candidatos de esquerda e por que, entre eles, eu escolho a linda da luciana.

  • mauro iasi do PCB (partido comunista brasileiro): cara simpático, o programa dele é bom, mas é muito intangível e teórico; ele não tem experiência prática como político. ele é formado em história e é doutor em sociologia, foi e é militante, e com certeza mais informado e inteligente do que eu, mas ele só menciona as razões pelas quais a gente precisa de uma reforma social e econômica sem dar os meios específicos. assim, é uma pessoa que eu adoraria ter como professor, mas não tenho certeza de como ele se sairia como presidente.
  • rui costa pimenta do PCO (partido da causa operária): mesma coisa, cara legal, mas o programa é extremista e só fala (OLHA QUE SURPRESA) das causas operárias. ou seja, ele não fala sobre direitos da comunidade LGBTQ+ e isso já mata pra mim. tem um tópico pra mulheres e um para indígenas, mas nada tão profundo quanto o aumento salarial e isenção de impostos sobre o trabalhador. não sei se confio muito.
  • zé maria do PSTU (partido socialista dos trabalhadores unificado): algumas pessoas que eu conheço pretendem votar nele. aqui tá o programa dele, que é bem mais detalhado do que o dos outros candidatos, mas ainda é utópico. gostei muito da proposta dele contra a violência, mas ele também não fala sobre crimes de ódio, que são crimes motivados pela identidade/expressão de gênero, raça e/ou sexualidade da vítima. isso é armadilha pra mim, de verdade.
  • sem contar que nenhum deles menciona a questão de descriminalização do aborto. eles estão muito mais preocupados com as enfermidades sociais que atingem homens cis e majoritariamente heterossexuais. foda né?

POR QUE EU VOU VOTAR NA LULU

o programa dela é este aqui e já dá pra notar que tem muito mais tópicos do que os dos outros candidatos. ela é filha do tarso genro, quem eu não conhecia até pouco tempo, e já foi deputada (você pode ler a bio dela, embora eu te aconselhe a não levar muito em conta a vida pessoal de cada candidato porque política não é inteiramente sobre amizade e simpatia).

e mais, ela é uma candidata extremamente transparente com os eleitores

  • ela foi no programa do escrotíssimo danilo gentili e não mentiu sobre já ter usado maconha (8:20). não cheguei a ver o resto da entrevista, mas ela fala com propriedade sobre como ela pretende descriminalizar a maconha pra combater a violência que a guerra anti-tráfico gera.
  • ela deu uma escorregada feia dizendo que “homofóbicos são [gays] enrustidos”, o que de certa forma culpabiliza os homossexuais pela agressão que eles sofrem. é uma piada infeliz. PORÉM a maravilhosa da daniela andrade fez uma postagem sobre o incidente e a luciana reconheceu que estava errada e se desculpou

também vale a pena ver o vídeo dela quebrando o aécio em mil pedacinhos e relembrando todo mundo da corrupção tucana que os próprios tucanos fazem de tudo pra fingir que não aconteceu.

pra mim é extremamente importante o fato do programa dela chamar atenção pra desigualdade racial e discorrer sobre como isso acontece porque muita gente tem dificuldade em entender como e por que o brasil é um país racista pra caralho. aliás, acho interessante você ler este artigo que saiu na época da copa, ele explica rapidinho a negação da identidade negra brasileira e por que ela acontece.

um ponto importante também tem a ver com a lei antimanicomial. eu fui parte do tribunal do júri em fevereiro num caso de homicídio doloso em segundo grau, ou seja, além do réu ter tido a intenção de matar, ele não deu chance pra vítima se defender e empregou um método considerado cruel (asfixia). ok, qual é a pegadinha?

o réu era esquizofrênico e tinha problema com drogas. gente assim eles mandam pra manicômio judiciário, onde muitos presos são submetidos a tortura e negligência. não são poucas as denúncias e os escândalos sobre o sistema de segurança e justiça no brasil, e se os jurados tivessem um pingo de empatia, eles não teriam mandado o réu pra um lugar desses. mas adivinha, não só aqui como no mundo inteiro, a tendência é desumanizar quem tem problemas mentais, principalmente os que têm episódios de violência, em vez de ajudar e resolver o problema.

(nota: a advogada de defesa deu várias provas de como pacientes de manicômio chegam a esperar até 5 anos pra serem avaliados por um perito e poderem ser liberados. nesse meio tempo, por mais que a pessoa melhore, o abuso que ela sofre pode ser prejudicial à saúde mental e física dela.)

por que esse ponto é relevante? porque eu vi, pessoalmente, alguém que queria desesperadamente largar as drogas depois de ter matado a própria mãe, pedindo ajuda e tendo ajuda negada. eu também já passei por um episódio psicótico, e quem não teve essa experiência não sabe como é impossível diferenciar a realidade do delírio.

e o programa da lulu fala sobre esse problema no tópico “humanização no tratamento aos cidadãos com sofrimento mental, inclusive causado por uso de drogas" na discussão sobre saúde:

Defendemos a ampliação e consolidação da rede que substitua os obsoletos manicômios e comunidades terapêuticas, ampliando equipamentos como os Centros de Atenção Psicossocial (incluindo os infantis e álcool/drogas) e os Centros de Convivência, articulando com a rede de atenção primária à saúde. Lutaremos pela ampliação da política de redução de danos para usuários de drogas e em defesa da legalização da maconha, uma vez que o uso problemático de drogas deve ser entendido como uma questão de saúde e não de polícia.”

CONCLUSÃO: nada disso vai ser fácil, mas o fato de uma candidata estar ao menos propondo — e se mostrando capaz de cumprir — essas ideias já ganha o meu voto. ela é muito bem articulada e sabe do que tá falando, e abrange muitos problemas sociais que outros candidatos sequer têm coragem de mencionar.

#AJUDA LUCIANA

Informações sobre os candidatos na sombra & mais algumas razões pra votar na Luciana Genro.
As always, please consider showing this to all ya’ll brazilian friends, folks.

THIS FUCKING ANIME

sometime ago I found the greatest middle age Gallic-Portuguese poem

veredasss:

about this lady pissed at this dude who keeps hitting on her when she clearly isn’t interested

the last few verses go like this:

Well let’s see what he’ll say
After I see him alive and clear of mind;
Them I’ll tell him: “Didn’t you die from love?”
You’d better give up on me already:
'cause I never see you dying
And I never see you maddening.

And I’ll never believe
You’d die for me, unless you drop dead.

PERFECT

whethervane:

thelivster:

Steven Universe - House Guest (Preview)


Can we just take a moment to address this preview for House Guest? I mean this is only like the preview and its the sweetest thing ever and I’m already crying D:

OHHHHHHHHhhHHHHHH MY GOD

god fucking bless us evebodyr

image

liviazilla reblogged your post and added:

if you’re promoting it to brazilian people, why…

Ei. Vejo que você está incomodad@ com meu texto que fala rapidamente sobre a campanha da Luciana Genro. Entendo suas dúvidas em relação ao texto e espero que eu possa responder de uma maneira satisfatória.

Primeiramente, eu escrevi a postagem em inglês porque o Tumblr é um site primariamente habitado por pessoas que se comunicam em inglês, obviamente.

Segundo, o post não é somente direcionado a pessoas brasileiras no site, como eu claramente coloquei no início do texto. Ele foi escrito em inglês para ser lido por todos que falam inglês, não importando onde estão. E apesar de eu sentir muito pelo seu aprendizado de inglês não ter sido feliz, tenho de te informar que muitas pessoas brasileiras entendem inglês muito bem, obrigada.

Nosso sistema de ensino pode não ser 100% satisfatório e muitos da nossa população não tem possibilidade de aprender uma segunda língua, mas uma grande parte das pessoas que vivem aqui são privilegiadas o suficiente para terem sido instruídas em inglês em escolas particulares e/ou auto-instruído pela internet.

Terceiro, eu escrevi a postagem para noticiar a situação que nos encontramos no Brasil. Não sei a quanto tempo você está neste site, mas eu sou uma usuária desde 2009 e me lembro muitíssimo bem das eleições dos Estados Unidos acontecendo e de todo o estardalhaço que elas causaram no Tumblr. Isso aconteceu porque este site é globalmente utilizado por diversas pessoas ao redor do mundo e possibilita live-blogging, como o Twitter, e facilita o espalhamento de notícias mundiais em segundos.

O meu intuito, ao fazer o texto em inglês foi facilitar o compartilhamento do conteúdo e uma conscientização mais rápida por mais pessoas do que eu buscava dizer. Concordo que eu posso e até deveria fazer uma versão traduzida do texto mas espero que você também possa entender minhas razões para ter escrito primariamente em inglês.

Sobre as suas opiniões sobre as escolhas políticas na campanha da Genro, coloco mais debaixo do cortezinho.

Read More

I WAS OPENING MY NANKIN TUBE AND IT GOT IN MY MOUTH BELGHGHGH